Paris é a terra dos brechós, tanto caros como mais acessíveis. Visitei alguns, amei todos, comprei muito e segue minha opinião de cada um:

Vintage Little Box:

Este está entre os mais caros, pois são peças vintage de luxo, como um casaco de shearling Chanel por 1200 euros, um vestido de edição limitada Emanuel Ungaro por 400 euros. Pertence a uma brasileira e é de extremo bom gosto.

77, Boulevard Beaumarchais

Emmaus:

É a Cruz Vermelha da França, mas como as francesas têm extremo bom gosto e estilo, encontra-se botas Charlotte Olympia, por 15 euros, sobretudo de cashmere Lanvin por 80 euros, vestido IRO por 30 euros…há varios por toda a cidade, mas o que eu fui é este:

22, Boulevard Beaumarchais

http://paulabedran.com/wp-content/uploads/2018/03/img_5842.mov

Kilo Shop:

O paraíso das fashionistas. Li vários artigos de que não valia a pena ir pois havia muito lixo, mas a verdade é que é um paraíso e há desde vestidinhos, com casacos de pêlo e de pele, como tricots, boinas, enfim…tudo o que se tem direito, e o melhor é que é tudo por kilo. São 2 lojas na mesma rua.

Rue de la Verrerie, 69

http://paulabedran.com/wp-content/uploads/2018/03/img_5847.mov

Free P Star

O nome é uma brigadeira com a palavra brechó em Ingles (Frip Store). Fica ao lado do Kilo Shop, também no Marais (aliás aonde concentra-se a maior parte dos brechós de Paris). É melhor para casacos, pois as roupas não são muito bonitas e nem tem muita variedade.

Rue de la Verrerie, 52

http://paulabedran.com/wp-content/uploads/2018/03/img_5856.mov

Gueryssol

Este é o mais famoso deles, e é uma espécie de depósito gigante de roupas usadas. Tem de tudo e o que mais tem são fashionistas que chegam a ir diariamente para garimpar achados de marcas famosas vindos de guarda-roupas de francesas ricas e estilosas que doam suas roupas por não precisar vendê-las.

64, Avenue de Fontainebleau

Mercado de Pulgas de Paris

Este sim é o epicentro dos brechós, um pouco mais afastado de Paris, aonde fica uma feira a céu aberto com todas as barracas tanto de roupas, como antiguidades como tudo o que se tem direito.

7, Impasse Simon

(Pra quem quiser uma aventura a mais, existem também o Chinemachine que tem algumas coisas de marca e que compra roupas. O que eu fui fica em Mont Martre na Rue des Martyrs, 100, mas tem outro na 10, Rue des Petites Écuries)