Finalmente um post sobre Madrid! Minha chegada no Brasil foi tão atribulada (graças a Deus por causa de muito trabalho) que não consegui parar e escrever um post bacana com as coisas que fiz por lá. Madrid é sem dúvida uma das capitais mais baratas da Europa, com restaurantes badalados que chegam a cobrar 2 euros pela taça de vinho, lojas de redes grandes com preços super acessíveis e programas baratos em si, como tango, corridas no parque el retiro e lindos rooftops. Segue a lista de alguns restaurantes, tanto badalados como mais acessíveis, hotéis e programas para se fazer que cabem no bolso.

Restaurantes Veganos/Naturais:

Ojala: O restaurante mais badalado desta lista dos “naturebas”, pois além de ficar no bairro de Malasaña (o bairro de jovens descolados da cidade), o andar inferior é uma espécie de “praia”, cheio de cadeiras tipo-lounge e um bar de madeira com coquetéis tropicais. A comida é ótima, com várias opções de snacks naturais e os preços melhores ainda. Uma pena que fui no ápice do inverno.

Olivia te Cuida: Aquele lugar aonde você realmente sente que tem alguém cuidando de você. O ambiente parece a casa de uma amiga querida, com mesinhas nos cantinhos e mesas comunitárias e um cardápio com inúmeras opções saudáveis, e inclusive a possibilidade de misturar alguns pratos num só…mais à la casa da mamma impossível né?

Honest Greens: Fica numa espécie de “páteo” de restaurantes, cheio de jovens, no Paseo de la Castellana (uma das principais avenidas de Madri). São milhares de opções saudáveis numa espécie de “food bar”, na qual você monta seu prato e ainda escolhe entre algumas bebidas naturais com direito a refill.

Paseo de la Castellana, 89

Restaurantes Badalados/Cool restaurants:

Amazônico: Parece uma floresta, e tem um pouco de tudo, desde carnes argentinas até comida italiana, e um terraço para comidas mais lights. Não esquecendo o “see-and-be-seen”. E os donos são brasileiros…chocou?!

Ten con Ten: Do mesmo dono do Amazonico (e do Quintin abaixo), um restaurante um pouco menos excêntrico, mas com a comida deliciosa. See and be seen a qualquer hora do dia e da noite.

Ultramarinos Quintin: Metade mercado, metade restaurante, o “Quintin” é tão badalado quanto os 2 anteriores, e um pouco mais informal.

Marieta: Um dos conceitos mais legais de restaurante em Madri, o Marieta é tipo um jardim de inverno com todos os tipo de comida: de pizza a hambúrguer. comida asiática e até vegetariana.

Programas mais acessíveis/ Budget-friendly things to do:

Rooftops:

No verão, são definitavemente o melhor programa a se fazer, tanto restaurantes como hotéis com piscina e drinks à tarde, seguem as opções:

La Terraza del Casino: Chiquérrimo e 2 estrelas Michelin com vista para a Puerta del Sol

Tartan Roof at the Circulo de Bellas Artes: com vista para a Gran Vía, uma das vistas mais estonteantes da cidade, esse bar no rooftop do Círculo Bellas Artes é incrível para ver o pôr do sol da cidade

The Roof at the Reina Victoria Meliá Hotel: Com vista para o teatro real, é um rooftop super chic e descolado

The Hat: Restaurante no último andar de um hostel completamente sustentável

The Gymage:Um dos rooftops mais cool de Madri, com piscina e camas lounge

Aparto Suites Jardines de Sabatini: Vista pros jardins reais

Mercados de Comida:

Mercado de San Anton:um prédio com rooftop no bairro descolado de Chueca

Mercado de San Miguel: Um lindo prédio na Plaza de San Miguel, com vários restaurantes de tapas deliciosos

Platea: Uma antigo cinema que virou um conjunto de bares de tapas e uma balada

Flamenco:

Parque el Retiro

No jardim real durante o verão